AS DEZ PERGUNTAS MAIS COMUNS EM ENTREVISTA DE EMPREGO

Com as condições implantadas pelo Governo Federal, a taxa de desemprego caiu consideravelmente, desde 2002 até os dias de hoje. Antes sempre ouvíamos “Não tem emprego”, “O Governo não ajuda”. Com todos os projetos de incentivos e de ajuda as empresas tudo isso mudou.

Uma pratica que não mudou nas empresas são as entrevistas. A entrevista é uma pratica utilizada para saber se o empregado atinge as qualificações e se a empresa atinge as expectativas do candidato.

A entrevista é deixa o candidato nervoso, porque ele precisa do emprego e quer responder da melhor forma as perguntas e para quem esta entrevistando também é muito complicado, pois sente aflição do candidato e sabe que vai ter que escolher um para preencher a vaga.

Não existe uma formula mágica para se sair bem nessa situação. O candidato tem que estar atento às formas de abordagem do entrevistador. De uma maneira geral, são três temas a serem abordados na hora da entrevista. Perfil técnico, comportamental e histórico familiar.

Na atmosfera da entrevista esses temas são importantes. Desta forma o entrevistador vai avaliar se você tem o perfil que a empresa esta procurando, se o seu comportando diante as adversidades será de avançar ou recuar e se os problemas familiares irão influenciar o seu desempenho no local de trabalho.

Para não chegar despreparado a uma entrevista, alguns consultores relacionaram as dez perguntas mais comuns em uma entrevistas:

1. Qual a expectativa futura do profissional? Como ele se vê a médio e longo prazo? Ou quais são os objetivos a curto e médio prazo?

2. Quais as expectativas do profissional com relação à vaga? O que ele deseja da posição oferecida?

3. O que o profissional acha da empresa?

4. Quais foram as realizações do candidato? Ou fale sobre sua experiência profissional?

5. O que o profissional tentou fazer na empresa onde atuou e não deu certo e o que ele tentou e não conseguiu implantar por motivos externos? Ou cite uma experiência memorável na carreira e algum projeto que não deu certo.

6. Qual o tipo de empresa que o candidato gostaria de trabalhar?

7. O que o líder do profissional diria a respeito dele?

8. Se esse profissional tiver subordinados ou colegas, o que eles achariam dele? Ou como era seu relacionamento interpessoal na última empresa?

9. Como é o seu estilo de trabalho?

10. Quais são os pontos positivos que favorecem o trabalho dos profissionais e os negativos que ele pode melhorar e desenvolver o trabalho dele?

Não existe uma forma adequada para responder as perguntas. O importante é ser claro e sincero nas respostas e sempre manter uma linha de raciocínio lógica.

Escrito por André Soares – Empresário e Consultor de Marketing

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s