CERTEZA: UMA PRISÃO PERIGOSA

Nunca gostei de inglês, sempre preferir estudar espanhol pela sua facilidade e pelo Mercosul. Mas se há uma expressão da língua inglesa que vale a pena citar é “Never take as truth what do you think things are.”

Essa expressão me fez refletir de uma forma diferente, após ler um artigo de um competente profissional na área de Treinamento & Desenvolvimento de uma multinacional. Ele estava frustrado por ter organizado um treinamento e o resultado não foi alcançado.

Pude analisar que nem sempre o que consideremos como certeza pode dar certo. Nem sempre as pessoas são capazes de resolver os problemas dentro da empresa. Desta forma não podemos cair na armadilha da arrogância e de achar que sabemos tudo, pior é ter certeza do que sabemos pode ser a melhor solução.

Um líder não pode ser prisioneiro da sua certeza. A certeza de não acreditar que pode fracassar é um dos maiores perigos e pode levar a uma queda irreversível. Por isso devemos estar sempre nos aperfeiçoando, fazendo uma boa analise de mercado e trazer para dentro da empresa soluções que podem realmente fazer a diferença.

Quando as coisas não vão bem na empresa, credito a quatro causas possíveis:

  • Falhas no processo
  • Falhas na estrutura
  • Falhas na estratégia
  • Falhas das pessoas

Mesmo assim precisamos conhecer a causa exata do problema dentro da empresa, para garantir a validade da profilaxia. Numa analise bem criteriosa, podemos encontrar dentro da empresa pessoas que não estejam fazendo o que é solicitado por que: não querem, não podem ou não sabem.

Antes de chegar a qualquer conclusão, procure se certificar de que não existe outra razão para atual situação da empresa.

Escrito por André Soares – Empresário e Consultor de Marketing

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s