NINGUÉM TRABALHA SOZINHO

Quando uma idéia é implantada e da certo, normalmente os parabéns vão para uma única pessoa. Ninguém consegue ver o trabalho dos demais integrantes da equipe que trabalharam dia e noite interruptamente para poder entregar o projeto no tempo determinado.

Eu estava assistindo a mega produção “Avatar”, ganhadora de três estatuetas do Oscar com: Melhor Direção e Arte, Melhor Cinematografia e Melhores Efeitos Visuais, os quais criaram uma nova geração e um novo conceito em relação a efeitos especiais para o mundo dos cinemas.

Mais o que pude indagar foi: Quem realmente faz os filmes são os atores, os que dão vida as palavras. O roteiro é preto e branco como uma pagina qualquer.  O diretor da vida a obra e a transforma em arte e por fim sem esquecer-se de todos que fazem parte de produção.

Normalmente essas megas produções demoram de 08 a 12 meses para ficarem prontas. Com isso a produtora (ou estúdio) investe milhões para dar vida à criatividade do autor e torcer para que o filme faça sucesso, para assim garantir o retorno do investimento com as bilheterias.

Quando o filme atingi o sucesso esperado, o diretor normalmente é aquele que recebe todos os glamour. Aparece em todos os jornais e o seu nome é sempre citado como modelo de ser seguido.

Trazendo para o dia a dia da empresa, não é muito diferente o que acontece como no cinema.

Quando a empresa precisa desenvolver um sistema para melhorar o desempenho e criar novos processos que vão aperfeiçoar as tarefas dos colaboradores nos seus departamentos é designada uma equipe para desenvolver esse projeto.

A montagem dessa equipe começa com a escolhida um responsável que vai pensar o projeto. Outro será responsável de montar e manter a equipe motiva. Por fim, os colaboradores que vão dar vida ao projeto e terminá-lo no seu prazo determinando.

A empresa se responsabiliza em financiar o projeto, esperando que no final ele atinja as expectativas sem dar prejuízo e que depois possam comercializá-lo para também obter um certo lucro.

Tanto na criação de um filme ou no desenvolvimento de um projeto, a pressão é a mesma. Ela pode vir de quem financia, de quem é responsável ou até mesmo dos envolvidos que não estão conseguindo desempenhar suas tarefas corretamente.

Mas quando tudo da certo, os méritos vão para uma única pessoa. Agora quando tudo da errado, a frase mais escutada é: “Foi culpa da equipe. Todos falharam”.

Sou uma pessoa que compartilho da seguinte opinião. Se tudo der certo ou errado, a equipe inteira precisar ser responsabilizada. Independentemente do cargo que você esta assumindo nesse processo.

É muito frustrante quando os créditos do seu trabalho são dados para outro e o seu nome nem aparece nas letrinhas finais.

Para manter a sua equipe unida e sempre dedica, procure dividir os méritos, pois assim, vejo que é uma forma de manter sempre os seus colaboradores motivos e com o desejo de fazer o melhor.

Quando o resultado não é aquele esperado, também procure dividir com todos e mostrar as falhas ocorridas. Desta forma você vai minimizar novos problemas e a porcentagem de acerto pode aumentar.

Independentemente da tarefa a ser realizada, ninguém trabalha sozinho.

Escrito por André Soares – Empresário, Publicitário e Consultor de Marketing

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s